Técnica de Sobrevivência: Cálculo I

Imagem
Atualmente as redes sociais, por meio de meme, difundem a dificuldade clássica para a maioria dos estudantes que iniciam um curso superior na área de exatas.


A dificuldade está em passar na disciplina de Cálculo, mais precisamente não Cálculo I, base de todo curso de exatas.


O conceito de Cálculo na matemática é muito diferente aquele atribuído por uma pessoa no seu cotidiano. Trata-se de ferramenta matemática que permite estudar diversos fenômenos e eventos que ocorrem em determinadas situações.


Para seu estudo e compreensão é necessário o domínio de conceitos de Álgebra, Geometria Analítica, Funções e Trigonometria.



Se o leitor está pensando em realizar um curso na área de exatas, pode ser relevante aos seus estudos, realizar uma Avaliação Diagnóstica, para analisar seus conhecimentos nestas quatro áreas.


Em seus livros James Stewart, costuma disponibilizar, logo de inicio, uma avaliação deste tipo. Que tal realizar esta avaliação? Lembre-se que é sempre bom estar preparado.�…

Concurso Público – Professor Efetivo – 1º e 2º Graus – Matemática

Concurso: Concurso Público para Provimento de Cargos Efetivos – Professor de 1º e 2º Graus – Matemática
Ano: 2.008
Órgão: Centro Federal de Educação Tecnológica de Cuiabá – MT
Instituição: Instituto de Desenvolvimento Tecnológico do Centro Oeste – ITCO
Questão: 28

Dadas as matrizes




 
Onde det A = x , det B = y e det C = z , é correto afirmar que:

a)  x = y + z
b)  x + y + z = 42
c)  x = 2 ∙ z
d)  xy = z
e)  z / x = 15

Solução: (b)

Para calcularmos o determinante da matriz B utilizamos a propriedade que diz: “se uma matriz M de ordem n 2 tem duas filas paralelas (duas linhas ou colunas) formado por elementos respectivamente iguais, então det M = 0    ” [Iezzi e Hazzan (1.977 , p. 81)].

det B = 0, pois a 1º e 4º linhas são iguais.

Para calcularmos o determinante da matriz c utilizamos a regra de Chió [Iezzi e Hazzan (1.977 , p.94)].

1
1
1
1
2
3
4
5
4
9
16
25
8
27
64
125


32
42
52
94
164
254
278
648
1258


1
2
3
5
12
21
19
56
17

Aplicando novamente a regra de Chió:

1
2
3
5
12
21
19
56
17


1210
2115
5638
1757


2
6
18
60

det C = 2 ∙ 60 – 6 ∙ 18 = 12

a)  x = y + z → 30 = 0 + 12 → 30 = 12 “Falso”

b)  x + y + z = 42 → 30 + 0 + 12 = 42 “Verdadeiro”

c)  x = 2 ∙ z → 30 = 2 ∙ 12 → 30 = 24 “Falso”

d)  xy = z → 30 ∙ 0 = 12 → 0 = 12 “Falso”

e)  z / x = 15 → 12 / 30 = 15 → 2 / 5 = 12 “Falso”

Resolução a pedido da Profª. Cristiane.

Fonte: IEZZI, Gelson. HAZZAN, Samuel. Fundamentos da Matemática Elementar - Volume 4: Sequência, Matrizes, Determinantes e Sistemas. 2º edição. São Paulo: Editora Atual, 1.977.
Postar um comentário

Latex Editor (Equações Matemáticas)

Postagens mais visitadas deste blog

Teste de Inteligência?

Qual é a diferença entre um Número e um Algarismo?

Adição ou Subtração de 2 Frações: o Método da Borboleta

Seguidores

Google+ Followers